Na Montanha

Tá Limpo, Jaraguá

A idéia

As Nações Unidas declararam o ano de 2002 como Ano Internacional das Montanhas em reconhecimento à função decisiva que as montanhas têm na vida de todos.

Este ano internacional se reporta à Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, celebrada no Rio de Janeiro em 1992 (ECO 92). Na ECO 92 se concedeu um lugar aos temas relacionados com as montanhas, lavrado no Capitulo XIII da Agenda 21, documento base do desenvolvimento sustentável.

Através do desenvolvimento sustentável é possível:
- Reduzir a pobreza e a fome
- Proteger os frágeis ecossistemas de montanhas
- Conservar a biodiversidade
- Promover a paz e a estabilidade
- Propiciar um maior bem estar para os moradores das montanhas

Junto com esse acontecimento mundial, tivemos aqui no Brasil o lançamento de um Programa chamado Adote uma Montanha por iniciativa da FEMESP (Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo).

Ele propõe a sensibilização e mobilização das comunidades em torno de atividades que protejam e dêem manutenção nos ambientes de montanha. Esta necessidade surgiu devido à crescente degradação dos picos e morros visitados para a prática de trilhas e escaladas.

O motivo
Nós, do CAP, temos um carinho especial pelo Parque Estadual do Jaraguá, pois, além de ser a maior reserva urbana de que dispomos na cidade de São Paulo, um motivo mais que suficiente para amá-lo, temos o Jaraguá como berço da história do clube, onde Domingos Giobbi (fundador do CAP) criou três campos-escola para escalada e ministrou os primeiros treinamentos do Clube.

A composição
“Todas as pessoas têm disposição para trabalhar criativamente. O que acontece é que a maioria delas jamais se dá conta disso.”
Truman Capote

Todo trabalho desenvolvido pelo CAP no Parque Estadual do Jaraguá é realizado por uma equipe de voluntários. Através de avaliações, temos constatado que o companheirismo e sentimento de união empregados nas expedições de montanha, quando utilizados nas práticas de preservação têm rendido bons frutos.

 

O que é ser voluntário?
Ser voluntário é saber converter a solidariedade ao próximo em ação efetiva. Voluntário é o cidadão que doa seu tempo, trabalho e talento, de maneira espontânea e não remunerada, para causas de interesse social e comunitário. No nosso caso em particular, estes trabalhos têm sido direcionados às montanhas e ecossistemas ao redor.

O que é trabalho voluntário?
Trabalho voluntário é uma atividade não remunerada exercida em benefício da sociedade que fortalece o sentido de solidariedade e de responsabilidade social. É uma via de mão dupla que gratifica quem trabalha ao mesmo tempo em que oferece novas experiências e mais oportunidades de aprendizado.

O que é necessário para exercer um trabalho voluntário?
Basta decidir ajudar, escolhendo uma forma de utilizar aptidões que cada um tem em benefício de algum projeto ou instituição.

Quanto tempo é necessário dedicar a esse trabalho?
O voluntário pode dedicar algumas horas por dia, por mês ou por ano. A atividade pode ser ocasional ou rotineira. O importante é assumir um compromisso com aquilo que se pode cumprir. O trabalho voluntário não deve comprometer o lazer, o tempo dedicado à família e às escaladas. Apesar de não remunerado, o trabalho voluntário pressupõe responsabilidades com os compromissos assumidos, portanto deve ser ajustado à rotina de cada um.

Como participar
Se você é empresário e quer apoiar esta idéia Envie uma mensagem.

Se você deseja ser um voluntário, inscreva-se na lista de interessados e fique por dentro das atividades. Envie um e-mail para talimpojaragua-subscribe@yahoogroups.com.br e receba seu convite.

Quem apóia?
Conheça os parceiros do CAP nesta iniciativa.

Atividades

- O que acontece?

– O que já aconteceu?
Conheça o histórico das atividades do Projeto Tá Limpo, Jaraguá.
“Para ser bem sucedido no trabalho, a primeira coisa a fazer é apaixonar-se por ele.”
Mary Lauretta