Marcelo Rey Belo recebe o agradecimento da EGCAP por sua notável dedicação ao ensino do Montanhismo

Por Marcelo Rey Belo

Na noite de ontem, a Escola de Guias do Clube Alpino Paulista, em cerimônia durante o jantar de 59 anos do CAP, entregou o agradecimento especial por notável dedicação ao ensino para o Guia de Montanha Marcelo Rey Belo, em reconhecimento aos seus mais de dez anos de atuação nos Cursos Básicos de Montanhismo (CBM) do Clube Alpino Paulista.

O guia Marcelo aproveitou as redes sociais para divulgar uma mensagem de agradecimento:

“Ontem, na festa de 59 anos do Clube Alpino Paulista, recebi este belo quadro como homenagem pelo meu trabalho junto à EGCAP no final dos anos 90 e anos 2000.

Fui, de fato pego de surpresa, tanto que bem eu, o cara mais falante que conheço, fiquei sem palavras.

Voltando para casa fui relembrando como tudo aconteceu…

Como em 1997 cheguei despretensiosamente ao CAP e como foi meu CBM no primeiro semestre de 1998. (Há exatos 20 anos !!!)
Naquela época o acesso aos locais de escalada era mais difícil e os points muito menos frequentados. No meu CBM passamos 4 dias em Itatiaia com direito à bivac nas prateleiras e 3 dias no Baú (além das saídas da região de Bragança, PETAR…). Sem dúvidas o “bichinho da montanha” me picou e me transformou para sempre logo na primeira escalada.

Lembrei dos guias do clube que, por amor e não por obrigação, me levaram para a montanha e ensinaram muito mais do que escalar. Mostraram também o lado lúdico, contemplativo e romântico de estar na lá. (Ontem um destes guias, o Flávio Barba, estava presente !!! )

Lembrei das palestras do Giobbi, que sempre descrevia o montanhista como um ser, quase perfeito, cheio de virtudes, de como fiquei encantado ao conhecê lo e como quis ser, ao menos um pouquinho, aquele cara que ele descrevia.

Lembrei de minha 1ª incursão à alta montanha já em 1999 onde tive o prazer de aprender na prática com o Duílio e Peter (também encontrei os 2 ontem) em uma caminhada de 200 km na Cordilheira Huayhuash e nesta mesma viagem quando fiz minha primeira escalada em gelo com a improvável Guia Ana Lúcia! (E chegamos ao cume !!!)

Lembrei de como “Colei” na Rosita que, muito paciente me levava para escalar, apresentava novos points e ainda me ensinava sempre com muita graça e gentileza “ porra Belo, larga de ser burro, olha a agarra alí”!!!

Ainda em 1999 me envolvi com o CBM e descobri minha grande paixão no CAP que é passar para os outros aquilo que um dia me foi passado. Aliás, era assim que nos anos seguintes “caçava” os guias e monitores para as saídas. Lembrando que o que eles sabiam lhes foi passado por alguém que se dispôs a ensina los um dia.

Nos anos que se seguiram formei dezenas de alunos (algo próximo dos 200), guiei, ensinei, cai, aprendi MUITO e fiz muitos amigos que me acompanham até hoje.

Viajei pelo mundo, escalei montanhas, sofri, comemorei, conheci lugares e pessoas incríveis.

No CAP fiz meus melhores amigos, conheci minha esposa, mãe das pequenas grandes montanhistas Victoria e Carolina.

E isso tudo é só uma lasquinha da minha história com o clube.

Por fim, me pus a pensar…

Será que não deveria ser eu a agradecer ao CAP ?

Agradecimento especial à EGCAP na pessoa do Daniel, o atual presidente Adilson e a todos os amigos que fazem parte desta história.

Que venham muitos e muitos anos para o Clube Alpino Paulista, formando as novas gerações de montanhistas conscientes…”

Foto: Marcelo Rey Belo

Os comentários estão encerrados.

Orgulhosamente feito com WordPress | Tema: Baskerville 2 por Anders Noren

Acima ↑